21 de mar de 2013

Cabelo Bombril


É uma linguagem artística, mas ainda sim deve ter limites! Eu realmente tenho preguiça de 'lutar pelos meus direitos', mas eu torço para que alguém que tenha assistido o desfile se sinta ofendido com o conceito do cabelo Bombril empregado pelo Ronaldo Fraga.

Engraçado que ontem eu li três notícias que se entrelaçam de uma forma interessante! Primeiramente, no blog Vai garota! a Gi ensina em um vídeo alguns cuidados para que seu cabelo fique invejável igual ao dela! hahahaha O cabelo da Gi é um dos mais bonitos que já vi ao vivo na vida! Depois eu li uma notícia no mínimo triste: uma garota aqui em Brasília foi espancada por ser negra. A notícia termina com uma relato de uma mãe que denunciou que o filho de 8 anos foi agredido verbalmente na escola. Fala sério, 8 anos!!!

Não existiam/não existe na escola, faculdade, natação, inglês, e em praticamente em todas situações que estou inserida em grupos sociais, outra menina que possui o cabelo semelhante ao meu. Se o cabelo tem 'potencial crespo', claro que vivia de chapinha. Toda vez que entro no mérito de cotas para negros em universidade, lembro que, de 20 vagas, as cotas deram o direito de  4 negros entrarem no semestre. Ainda sim, somos apenas dois. 

A primeira vez (e única, eu acho) que fui ferida verbalmente devido a minha cor foi quando eu era criança, 9 ou 10 anos eu acho. Uma coleguinha da escola me disse que era impossível uma garota como eu ter aquela boneca que todas queriam, mas só eu tinha. O 'como eu' veio seguido de alguns adjetivos que nem vale apena ser lembrado. O que aconteceu é que eu estudei com essa garota até a 8ª série e meus colegas não entendiam porque eu não gostava dela de jeito nenhum.

Por fim, não acho que Ronaldo foi racista conscientemente. Ainda que ela tenha falado que não foi a intenção dele fazer uma homenagem, ao contrário do que o site da Globo e Vogue divulgaram, se ele queria apenas remeter, acaba sendo uma ofenda.

Bola fora queridinho, muito fora! 
Ester Sabino
Ester Sabino

Gosto de muitas coisas, e cada coisa que compartilho aqui são para, na verdade, guardar coisas que me fazem bem.

Um comentário:

  1. Eita! Fui citada aqui no Geleia! Ô beleza!!! Obrigada pelo elogio, gata. Dá trabalho, mas adoro meus cachinhos. ^^

    Esse desfile rendeu muito. Alguns gostaram da "homenagem", outros querem o pescoço do Ronaldo. Eu não entendi direito a proposta, mas sei que no fim ela foi infeliz. Acho que o problema é mais "o que as pessoas entendem" e não o que ele quis mostrar.

    Adoro suas postagens conscientes e claras, Ester. Super beijo.

    ResponderExcluir

Comente nesse post! Não se preocupe, visito todos os blogs que deixarem o link aqui :)