20 de dez de 2015

Foi bom

E não gosto dessa sensação de não saber para onde ir. Eu não gosto de incertezas. Eu não gosto de não saber se posso ou não confiar, se posso ou não contar, se posso ou não fazer. Ter as regras logo no início é sinônimo de sucesso pra mim. Gosto das regras e prefiro as conhecer inteiramente para ter certeza que quebrar as regras é mesmo o certo a se fazer.

Me adentrei em um movimento que o legal é conhecer e fazer as regras para elas serem quebradas depois.  A maturidade da sua construção de regras que faz você ter sucesso no final, justamente por ter quebrado tais regras. Parece confuso, mas na subjetividade e necessidade intrínseca de um designer de fazer designações, é assim que consigo resumir o que foi essa experiência.

Eu vivi os dias mais difíceis da minha vida nesse ciclo, justamente porque foram dificuldades que eu decidi ter.  Aprendi muito é a palavra de ordem e que todos que decidem por sair desse ciclo concluem. Eu aprendi muito que eu nada sei. Aprendi que eu ainda tenho que continuar em busca de quem é essa Ester, quem é essa designer, quem é essa pessoa. O que ela quer, o que ela é boa, o que a motiva... A cada vez que eu aprendia, eu aprendia que o buraco é muito mais em baixo.

Passei por situações que eu não merecia passar, pois eu não estava me esforçando para passar por aquilo. Passei por situações que eu merecia passar. Eu não percebi que o que eu fazia me levava para passar por aquilo. Passei também por algumas crises de ansiedade, depressão, insônia... Resumidas em uma tristeza profunda por ter a sensação que eu estava sozinha ali atrás de um tal objetivo. Não tenho certeza se eu não comuniquei direito ou se apenas é falta de interesse das pessoas em ir atrás desse objetivo. Essa dificuldade de viver em prol de algo que é e não é compartilhado é muito difícil, e  termino o ano com a sensação de que o que se tinha mais certeza que eu faria tranquilamente, é o que eu termino o ano sabendo que eu não sei fazer.

Podia ser mais fácil. Mas acho que eu não merecia que fosse mais fácil.





Foi bom. Obrigada! 
Ester Sabino
Ester Sabino

Gosto de muitas coisas, e cada coisa que compartilho aqui são para, na verdade, guardar coisas que me fazem bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente nesse post! Não se preocupe, visito todos os blogs que deixarem o link aqui :)